Test Content

Curadoria Pollyana Quintella
Meu cuidado todo, 2019, Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil

Não pretendo tocar com as mãos o céu, 2019
Conchinhas sobre veludo azul em mesa de madeira e vidro

Para aqui meu amor e espalhe toda a graça do teu olhar, 2019
Areia do deserto do Saara, areia de Cítera, areia de Creta, areia da Prainha, glitter, conchas e pedras de Cítera sobre cadernos em armário de vidro e madeira

Gabriele Gomes quer produzir fantasia, perseguir a beleza. A artista viajou para Citera, ilha de Afrodite, onde coletou cacos impossíveis, pequenos fragmentos que funcionam como índices ou relíquias de uma narrativa perdida. Gomes busca a deusa do amor informada por Safo, que também dá nome a essa exposição. A poeta de Lesbos conclamava a Citereia: “vemlogo até mim (…) / liberta-me dos duros / pesares; cumpre tudo que meupeito / deseja ver cumprido; e sê a minha / aliada em lutas.” Gomes reforça
o pedido.

Essa Grécia inventada, recheada de imaginários ideais, aparece emfotografias comturistas e objetos deslocados de seu contexto, apresentando o choque de uma origem inalcançável. Os leões de Delos, por exemplo, que já tiveram vista para o Lago Sagrado, agora miram a parede azulada do Museu Arqueológico

Esse deslocar de objetos, profanando seus rituais, também se demarca aqui com o armário e as mesas de catalogação, que fazem da sala do Paço Imperial um museu anacrônico, à moda antiga. No entanto, a categorização está mais próxima do olhar infantil que da pretensão científica. O critério tem algo de espanto e admiração, descoberta. É assim que fragmentos geológicos convivem com brilhos, purpurinas, algodões epigmentos, pequenos caminhos de sedução e fascínio.

Além disso, junto às fotografias estão legendas de cores, pequenas pinturas que imprimem o gesto, tentativas de júbilo e deleite. Nelas, o olho se implica sinestésico: veré já tocar, ser cúmplice. Sobre a mesa catalográfica, outro vestígio de Safo: “sei que alguém no futuro também lembrará de nós”. Estamos diante da invenção dessas lembranças.

Sei que alguém no futuro também lembrará de nós, 2018.
Coleção de artista sobre mesa de madeira e vidro

Série de Fotografias| Fui à Grécia, não adiantou nada, 2016
Impressão de jato de tinta em papel algodão

 

22_PacoImperial_2019_6673_fotoGabiCarrera

Eu hesito pois sinto este duplo pensar em mim, 2019
Tinta acrílica sobre envelopes

Quando chega do céu veste-se então todo de púrpura, 1997
Conchinhas sobre lençol de algodão

Série de Pinturas | Legenda de Cores, 2018
Tinta acrílica sobre tela

Fotografia: Gabi Carrera